logo misa

Promovendo a Liberdade de Expressão na África Austral

jornalistas agredidosO MISA-Moçambique tomou conhecimento, através do Fórum Nacional das Rádios Comunitárias – FORCOM, da agressão física e apreensão dos matérias de trabalho de dois jornalistas (Marcos Nazário Tenesse e Naima José Gimo) da Rádios Comunitária de Catandica, em Manica.

misacncsO MISA Moçambique e o Conselho Superior da Comunicação Social comprometeram-se, esta terça-feira, em Maputo, a impulsionar o exercício das Liberdades de Imprensa no país. O compromisso foi manifestado num encontro de cortesia entre as duas instituições que, entre vários assuntos, serviu para explorar oportunidades de mútua colaboração a bem do jornalismo e das Liberdades de Expressão e de Imprensa em Moçambique.

jornalistas agredidosO MISA Moçambique tomou, com perplexidade, o conhecimento da agressão física à quatro jornalistas, protagonizadas por agentes da polícia municipal de Nampula, por volta das 14 horas desta terça-feira, 29 de Junho de 2021.

As agressões, ocorreram no edifício sede da Polícia Municipal e Fiscalização do município de Nampula, e tiveram com o alvos os Jornalistas Leonardo Gimo, repórter correspondente da TV Sucesso, Faizal Abudo, jornalista da TV Muniga, Simão Mugas, repórter de imagens da TV Muniga, e Emerson Joaquim, jornalista da Afro TV, que investigavam uma suposta detenção ilegal de três jovens pelas autoridades municipais daquela cidade.