logo misa

Promovendo a Liberdade de Expressão na África Austral

O MISA Moçambique tomou conhecimento, com bastante preocupação, do escorraçamento, pelo adido de imprensa do presidente da República (PR), de jornalistas que se encontravam a fazer cobertura, esta quinta-feira, 04 de Abril de 2024, do decurso dos trabalhos da reunião da Associação Nacional dos Combatentes da Luta de Libertação Nacional (ACLLN), um dos órgãos sociais do partido Frelimo.

Tudo começou quando o membro da ACLLN e veterano da luta de libertação nacional, Óscar Monteiro, exigiu, ao presidente da Frelimo, Filipe Nyusi, a inclusão, na agenda da reunião, do debate sobre os pré-candidatos do partido para as eleições presidenciais deste ano. Para Óscar Monteiro, a agenda da reunião da ACLLN não podia se limitar a questões administrativas da ACLLN, passando à margem de uma das prioridades do momento, o que chamou por “elefante branco” presente na sala, que é a indicação do sucessor de Filipe Nyusi.

Pascoa 1

Manuel Tome 2

Descanse em paz, Manuel Jorge Tomé!

Com o apoio de:

igual partnercesc partnercesc partnercesc partnercesc partnercesc partner